5 teorias possíveis para o filme Bird Box – Análise Recomendando!

5 teorias possíveis para o filme Bird Box – Análise Recomendando!
5 (100%) 1 vote

Bird Box, nossa análise do filme com teorias e explicações.

Depois de ter assistido Bird Box, com certeza você deve ter ficado com aquela puguinha atrás da orelha e com muita curiosidade sobre qual a real mensagem do longa, pois é essa a real intenção do filme e também do autor da história deixar você tentando encontrar a resposta.

E é por conta disto, que você correu para internet para tentar entender um pouco mais sobre esse filme da Netflix.

Só para avisar que esse post vai ser grande e com certeza vai ter spoiler, okay beberes?

1-Invasão Alienígena e Arma Biológica

Bom, a gente poderia já começar, com uma explicação mais óbvias e simples, bem clichês que existem sobre o filme.

 Que seria, que a história se passa em um cenário pós-apocalítico, de uma invasão alienígena, em que seres mais inteligentes, querendo evitar um confronto corpo a corpo, (preservando assim o planeta de guerras)  usam nossos próprio pensamento (mente, medos e segredos) contra nós mesmo, o que acaba fazendo as pessoas cometerem suicídio como acontece no filme.

 Usando possivelmente de alguma arma biológica que o próprio homem criou contra nós ( o que poderia explicar, porque aconteceu primeiro na Rússia, já que o país, frequentemente é relacionado a polêmicas sobre a criação de armas biológicas)

Porém, cá entre nós, isso seria fácil de mais e no próprio filme, eles dizem que não é nada relacionado a algum vírus.

E conhecendo o autor da história que originalmente é um livro, com certeza não é isso, poderia até ser, mas não somente isso.

Se você pensa que é somente isso, não se frustre, você só não teve o estimulo certo para conseguir pensar além e captar as várias mensagens que essa história passa, por isso nós aqui do recomendando, vamos te ajudar a captar as possíveis mensagens.

2- Algo Sobrenatural

Muito se fala em aliens ou armas biológicas, mas nessa teoria, vamos te apresentar algo bem diferente, espíritos, demônios ou entidades.

Ainda no começo, o personagem Charlie interpretado por Lil Rel Howery, comenta sobre tudo o que estudou em sua vida, um possível apocalipse, que em diversas crenças e religiões diferentes sempre tem as mesma formas, demônios, mas como o filme é muito interpretativo, também não descartamos em momento algum a existências de espíritos ou entidades do tipo, que mostraria o porquê dessa coisa ter acesso a suas lembranças (como foi mostrado na parte que a mulher entra no carro em chamas, falando mãe).

Mas queremos ir muito além disso, também queremos mostrar alguns pontos que devem ser observados com atenção, quando a Melorie está na casa conversando com Tom ela diz ”minha irmã sempre foi feliz, não tinha porque se matar” isso reforça ainda mais o que Charlie disse, sobre que eles descobrem o que você tem mais medo ou uma tristeza do passado ou até mesmo alguma decepção, assim trazendo uma magoa tão grande no seu coração iludindo e Persuadindo a cometer suicídio.

 Se você ainda não está convencido que pode ser algo espiritual, mostro a você alguns personagens que podem reforçar essa teoria, como por exemplo o homem que aparece no rio, e tenta virar o barco, o rapaz do mercado, que estava aparentemente louvando aquela coisa, querendo que todos vissem o que eles estava vendo e também o último personagem a entrar na casa, Gary, dizendo que pessoas loucas, estavam forçando as pessoas olharem para as sombras e que também faz desenhos das tais criaturas que lembram um Cthulhu-uma entidade cósmica maligna, adorada por uma seita milenar que busca trazê-la de volta ao nosso plano astral – o que desencadearia o apocalipse.

Uma em lenda em HP Lovecrat, que era conhecido por brincar com conceitos de loucura em suas histórias, e sua criação mais famosa. Essa criatura enlouquecem as pessoas, assim como acontece com os personagens de bird box.

 E não podemos esquecer dos personagens que tentam invadir a casa e matam o Tom, todos eles não estavam “possuídos” a tal ponto de quererem tirar a própria vida, apenas queriam fazer ele olhar para a beleza das entidades, sendo eles, todos aparentemente “loucos” ou pessoas que são excluídas por algum motivo da sociedade, pessoas que de certa forma, estavam com a sua alma corrompida e não tinha mais esperança, estando assim, mais abertos a aceitarem, pois eles viam de certa forma a “beleza” dessas coisas, que na real, eram ruins.

3- Seria tudo ilusão de Melorie

Já no começo do filme, nós podemos perceber que Melorie (personagem de Sandra Bullock) não é uma pessoa muito feliz, e muito menos está satisfeita com a sua gravidez ( o que nos faz perceber que ela está passando por uma depressão pré-parto e também pós-parto).  

E por conta disto ela não sai de casa, muito menos para fazer compras, sendo a sua irmã que faz e leva até ela. Dessa forma, toda história seria Melorie, vencendo os seus medos e aceitando a gravidez consequentemente o seu filho.

Digo filho, pois sabemos que no filme existem duas crianças, um que é filho dela o “Garoto” e outro filho é da Olympia que ela chama de “Garota”, porém ambos podem ser filhos dela, porque no início do filme, a obstetra dela, fala ela descobrir o sexo do bebê.

Outro fato de todas as partes do filme ela está usando alguma peça na cor azul, que lá fora tem a fama de representar o sentimento de tristeza.

E bem no finalzinho do filme, na parte da floresta, Melorie se vê em um conflito com as entidades, para salvar o garoto e a garota, o que possivelmente poderia ser o momento do parto.

 Quando ela chega na porta do santuário ela diz, para salvar os filhos, o que representaria a aceitação dela, perante os “filhos” nas cenas seguintes ela recebe novas peças de roupas e nenhuma delas tem a cor azul.

 E por fim ela reencontra a obstetra, em que última vez que ela viu, foi no hospital o que para muitos não poderia ser coincidência.

4– Metáfora a Depressão e ao suicídio a sociedade atual

Outra teoria, seria que todo o filme, seria uma crítica social, sobre casos de suicídios e pessoas com depressão. Pois como já falamos na outra teoria, Melorie apresenta está passando por uma depressão, só que a mesma personagem fala sobre o fato de as pessoas não estarem conectadas, quando está pintado o seu quadro e conversando com a sua irmã.

Outro ponto do filme que reforça a critica social, é a cena das pessoas estarem no celular, enquanto ela anda pelo corredor do hospital, o que seria a crítica a essa distância, pelo fato das pessoas estarem tão conectadas vivendo em um mundo ilusório da internet, que acabam se esquecendo no que se passa ao seu redor, o que acaba representando também os pássaros dentro da caixa, o sentimento de falta de liberdade.

Não podemos esquecer também que todos os personagens da casa estavam passando por momentos dificeis.

Outro ponto forte, é do último personagem que entra na casa, Gary o homem de terno, que tem desenhos das criaturas em sua pasta que as mesmas acabam parecendo também, diferente do propomos na outra teoria, com a personificação da depressão, em que muitas pessoas acabam fazendo tal comparação, de um presença obscura.

Melorie, também comenta, após ter visto sua irmã cometer suicídio, que a mesma nunca seria capaz da fazer isso, pois ela sempre estava feliz e alegre, e sabemos que pessoas tem depressão, não são tristes ao tempo todo, elas sofrem caladas e para não preocupar ou magoar as pessoas ao seu redor acabam fingindo ser feliz.

E podemos perceber, no começo do filme, quando Melorie e sua irmã estão na sala da médica conversando sobre o bebê, que ambas não tiveram pais presentes, o que nos faz interpretar que a sua irmã, tinha sim mágoas e tristezas, dentro de si.

5-Histeria em Massa

Poderia ter sido uma histeria em massa?

Que é uma coisa real, que aconteceu em nosso mundo, como por exemplo a epidemia do riso Tanganica em 1962 e a praga da dança  em  Estrasburgo  em 1518, que é descrita como “a rápida disseminação de sinais e sintomas de doenças que afetam os membros de um grupo coeso”.

Há uma série de teorias sobre o porquê desses eventos acontecerem e existem milhares de casos documentados, o que significa que é realmente possível que algo assim ocorreu em uma escala maior bem maior em Bird Box . 

Entendendo o Autor da história.

Por fim, pesquisando mais a fundo sobre o autor de Bird Box, e o livro em que o filme foi inspirado encontramos algumas coisas, que podem te ajudar a chegar na sua conclusão.

O autor Josh Malerman, é conhecido por criar histórias que mistura realidade e metáforas, e isso explica, muito bem o porquê de Bird box, fazer a gente ver várias interpretações, pois é realmente uma história que da gancho para várias versões do porquê dos acontecimentos.

Sobre as criaturas, nem mesmo o autor, sabe o que são, segundo algumas de suas entrevistais, em que o mesmo disse ter encontrado a inspiração para as criaturas, após ter ouvido a sua professora dizer, que homem enlouqueceria se soubesse de todo o segredo do universo e do que a lá fora.

Finalizando, o livro se faz totalmente diferente da adaptação cinematográfica, para você comparar, no livro não existem todos esses personagens que existem no filme e Melorie aceita a sua gravidez. 

E aí! Qual a teoria que mais agrada vocês? Deixem aí nos comentários.

Não esquece de deixar o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *